O ROMPIMENTO DA BOLHA OU SURGIMENTO DA CRISE


O Rompimento, o início da crise, ocorre com o ponto ótimo da crise é atingido. Quando estoura a crise, pode ser dado a um certo motivo para seja o estopim. Mais, a crise é um processo, portanto são varias coisas que levam a crise.

Mais uma coisa é fato, a crise é uma necessidade de se romper com a bolha, de mudar algo que esta vivendo, uma rebelião contra as circunstâncias que esta vivendo que não esta sendo adequada para o corpo e para mente. Um dizer CHEGA! Para tudo aquilo.

Várias coisas levam ao processo o aparecimento da crise, como por exemplo: o estresse, frustrações, decepções, descontentamento, desilusão com a própria realidade* (*Aqui a realidade é a própria vida que a pessoa ta vivendo).

O negar (não querer) a própria realidade, mas como ocorre isso?

Isso pode ocorrer de forma consciente, mas ocorre também de forma inconsciente. Pois, são atitudes que a pessoa vai tomando de acordo com o que ela vai lidando com a situação.

O negar a própria realidade, não quer dizer que é uma fuga da realidade, é da própria realidade, com o que a pessoa tem e tentá-la editá-la de forma que fique melhor ou menos dolorido para ela.

Geralmente isso ocorre quando o momento de sua vida presente esta totalmente infeliz ou esta insatisfeito com o desenrolar da sua vida. Lembre-se que aparentemente uma pessoa pode esta feliz ou realizada, mas no fundo ela esta infeliz e insatisfeita, ate que esse sentimento de infelicidade vem crescendo ate o ponto da pressão não conseguir mais esconde-lo e ter que manifestá-lo. Essa manifestação pode ocorre de varias maneiras, nem sempre ela é tão clara.

No início, até como uma reação natural de sobrevivência, o ser humano é obrigado a ser adaptar. Também têm a questão de ele mesmo se obrigar a seguir aquele caminho, a família o pressionar, exemplos de pressões da família: Meu filho ele é muito inteligente, é muito forte, tudo que ele quer ele consegue. Para uma pessoa forte, chutar o balde quando não esta se sentindo bem, parece ser uma fraqueza, coisas de pessoas fracas, infelizmente essa cultura ignorante é muito comum, de achar que a pessoa sempre tem que ser forte, não só na família, mais em toda sociedade.

É como se você tivesse que dá o seu limite sempre, até por que chutar o balde é coisa de gente fraca, de covarde.

Por isso, muitas pessoas acham que não pressionam seu filho, nem seu marido, etc..Mais, depositar sonhos, expectativas nessas pessoas é uma forma de pressão. Pois, antes mesmo que as coisas a aconteçam estão determinado a ter sucesso. Mais, o que a gente não sabe é o que o destino escreveu para cada um. Pois, o sucesso que aquela pessoa possa ter um dia pode ser bem diferente do traçado, do esperado pela sua família.
Quando a pessoa chega nesse ponto é por que ela não agüenta mais a sua própria realidade. Muitas vezes, isso ocorre como um processo, aos poucos, ela só se da conta dessa negação, quando é tarde , quando a crise já se instalou.

Mesmo assim, tem pessoas que nem quando a crise se instá-la, pois ela tem uma noção inconsciente dessa negação, mais ainda não se tornou consciente, pois ela esta confusa e não sabe o que esta ocorrendo com ela. A única coisa que ela sabe é o que ela está sentindo, geralmente insatisfeito, triste com a sua própria realidade.

Tem pessoa que mesmo com algumas tristezas ou frustrações grandes não se abalam a o ponto de ter crise. Pessoas que não tem predisposição ou que tem uma estrutura mais flexível, pois agüentam mais alterações em suas vidas.

Outros casos, quando o rompimento é maior, há o surgimento da crise.

Esse rompimento não é apenas físico estrutural na vida da pessoa e também a nível mental, das suas expectativas, desejos..

Portanto pode ser algo claro, concreto (mudança de emprego, rompimento de relação, perdas..) e algo não concreto( expectativas, sonhos , frustrações, desejos, decepções..). É claro que o concreto e não concreto ocorrem conjuntamente.

Quando o rompimento é maior ocorrem muitas coisas ao mesmo tempo, ou pelo menos perto uma da outra.

O impacto é tão grande que a adaptação se torna difícil, impossível de não ter grandes seqüelas.

Pois, muitas vezes essas mudanças nem sempre são boas para a pessoa.

Embora possa a até ter uma mudança boa, exemplo passou no vestibular ou em concurso em outro estado, mais isso é apenas uma parte da sua vida, a parte profissional.

O Ser humano é um ser social, portanto afetivo, carece e precisa de relações afetivas.

Sem contar que ele é um ser espiritual, precisa também cultivar seu lado espiritual.

Todas as suas áreas do ser humano estão interligadas e precisam estar o mais harmônico possível, para se ter um equilíbrio, certa estabilidade.

Às vezes a pessoa tem um bom emprego, mais está longe de casa, da família, não tem relacionamento afetivo de vinculo considerável (um amigo de verdade que possa contar), no local que vive, se essa pessoa não construir uma base para ela, uma hora ela desaba. Pois, o ser humano não foi feito para viver só. Não por muito tempo.

Essa base que eu falo é a afetiva, pode ser feita de várias maneiras.

Esse desaba pode ocorrer de varias manifestações, doenças físicas, mental, espiritual. Embora estejam em evidencia uma delas, todas estas estão ligadas.

Ex: Quando você está muito deprimido o seu organismo biologicamente esta desequilibrado fisicamente, pois não envia níveis de seretonina suficiente. Além disso, sua vida espiritual esta totalmente em baixa fica quase que descrente quando não fica descrente mesmo. Logo essa doença esta ocorrendo a nível mental, físico (do organismo) e espiritual também.

Agora, o que ocorre primeiro? Quando um desencadeia o outro?

São perguntas que estão sendo estudadas há muito tempo, sabemos que essas relações existem, mais ainda não sabemos explicá-las.


Acompanhe no Facebook  e no Instagram e Inscreva-se no canal Viviane Vaz Coach no Youtube.  Mais Informações acessem o site coachesdesuperacao.com 

5 comentários:

Mensagens abencoadoras!!! disse...

Oi minha querida!
Nossa achei tão interessante este artigo!
Pra mim o que "pegou" mais foi a questão espiritual.
Dias atras eu estava em uma moleza e depressaão tão profunda.
E o que eu mais estranhava em mim era a minha falta de fe!
Pois sou muito temente a Deus,e bastante ativa em minha denominação, e de repente me vi sem vontade de ir a igreja, continuar ajudando as pessoas, orar então, parecia algo impossivel para mim, não conseguia "sintonia" com Deus.
Mas sabe amiga, mesmo sentindo tudo isto, não parei com nada, ia a igreja, continuava ajudando as pessoas lá, continuava me ajoelhando e dizendo, "Deus eu to aqui, de novo, daquele jeito que o Senhor sabe, mas estou aqui"
Agora já estou bem graças a Deus e aos remedios que precisaram ser alterados novamente.
Querida não sei se sabe, que o Brasil Bipolar esta entrando em uma nova fase agora, e pala graça de Deus passei a fazer parte da equipe, e contamos com vc la e seus leitores.
Para comentar, dar conselhos aqueles que necessitam, enfim contamos com vc....
Não deixei meu cantinho não hem...
Um Bju
Com Carinho
Marly

Mente inquieta disse...

Que bom que vc Gostou Marly desse meu artigo que escrevi. Ele está junto com outros que estou juntando para escrever um livro.
Bem, com relação ao blog Bipolar Brasil eu já atualizei o novo endereço do Bipolar Brasil na minha barra lateral direita que indica outros blogs.
O novo endereço do Bipolar Brasil é http://www.bipolarbrasil.net/

Achei ótima essa nova fase dele.
Eu tb estou procurando colaboradores voluntários pro meu blog se vc souber de alguém que tenha interesse, e só entrar em contato comigo.
Beijos!!

Mensagens abencoadoras!!! disse...

EScrever um livro? Puxa, mas que bacana!! Fk super feliz!!Vc já é uma escritora menina!!Tbém estou indo por este caminho ai,sonhando em escrever um livro com os articos que escrevo no "Mensagens Abençoadoras", esta nas maos de Deus este sonho....
Como falei com o nosso amigo do mente hiperativa2.Falo com vc tambem, de vez em qdo gostaria de postar algumas coisas que esta minha escritora escreve, lá no Bipolar,, se vc permitir é claro, e lógico, sempre os créditos a quem escreveu.
*Obrigada pela dica do endereço completo do Bipolar, eu estava escrevendo p/ varias pessoas sem colocar o endereco completo.
Bjus amiga
Fka na Paz.
Marly

Mensagens abencoadoras!!! disse...

Passei para dizer oieeeeeeeeeee!!!
Bju
Boa semana querida!!
Marly

maryLm disse...

Mais uma coisa é fato, a crise é uma necessidade de se romper com a bolha, de mudar algo que esta vivendo, uma rebelião contra as circunstâncias que esta vivendo que não esta sendo adequada para o corpo e para mente. Um dizer CHEGA! Para tudo aquilo. eu sinto o mesmo, começo a ter sintomas da crise de depressao e enquanto nao rebenta a bolha nao descanso, o objectivo é não levar as coisas até esse extremo, e tentar controlar esse impulso.