Quando a doença se torna o foco da sua vida

Sabe, quando você percebe que a doença se tornou o foco da sua vida. É mais ou menos assim: quando você pensa nisso o tempo todo, quer falar sobre isso toda hora, achando que tudo que acontece é por causa do transtorno bipolar, então a doença se tornou foco da sua vida.
Como se livrar disso, talvez conhecendo mais sobre o transtorno bipolar, como lidar com isso?

É muito importante separar o transtorno bipolar de você. Você tem bipolaridade, mas não é a bipolaridade.Você pode até pensar em bipolaridade, mas tem que tentar controlar seus pensamentos.
Pois, primeiro, muita gente que não é bipolar, mesmo que goste da gente, não gosta de ouvir falar toda hora no assunto. E, nem é por impaciência é por que qualquer coisa em excesso ou fanatismo causa mal estar.(Por Exemplo: um rapaz que é viciado em futebol ou carros, 90% do assunto é isso) É muito desagradável vocês hão de concordar comigo. Por isso, se tiver muita vontade de ficar falando nisso, converse com as pessoas certas, nos grupos de bipolares, na terapia, ou com amigos que entendam isso. E, é fundamental também , você saber diferenciar o Eu do bipolar ( Eu # bipolar), pois antes de tudo somos: humanos, mulheres, filhas, amigas, esposas, estudante, arquiteto(ou qualquer profissional), etc.E, as variações de humor é comum em qualquer ser humano, a diferença é que o bipolar varia intensamente e, que quando estabilizado essas variações ficam com menor intensidade, praticamente normais.
E, para você deixar de ser visto como bipolar, a primeira pessoa a ver o seu Eu é você mesmo.
Você que tem que se vê como uma pessoa normal, pois você demonstra para as pessoas aquilo que você ver em você.
Não faça a doença como foco da sua vida, ela não é você, apenas um pedacinho de ti, em milhões de outros que compõe seu complexo Ser.




Acompanhe no Facebook  e no Instagram e Inscreva-se no canal Viviane Vaz Coach no Youtube.  Mais Informações acessem o site coachesdesuperacao.com 

2 comentários:

KonJou disse...

Puxa hj estou fazendo quase tudo que vc disse.E começo a me controlar mais sem ficar tomando remédios que me dão efeitos colaterais horríveis.Um abraço

Anônimo disse...

Nossa... que interessante isso....

Sabe, eu descobri que tenho Bipolaridade depois de uma faze de baixa... E agora eu fico controlando as minhas emoções e percebi que estou focando na doença, fico o dia todo pesquisando coisas sobre o transtorno, videos, relatos etc....

Isso me fez acordar.... obrigada