Uma Mente Brilhante






Esse filme é excepcional, não apenas pela história em si, mas por que essa História ser uma historia de vida real, realmente uma lição de vida.

Um extraordinário filme que mostra a história de um esquizofrênico que só descobre a doença anos mais tarde.
Provavelmente conviveu com ela a sua faculdade toda, ou até mesmo antes de ingressar nela.
John Nash é um gênio da matemática e quando formulou sua teoria , que iria lhe dá grande sucesso anos mais tarde, ele a formulou quando tinha apenas 21 anos.
( Essa faixetária de idade é a mais propícia não só para grandes criações mas para a manifestação do primeiro surto.)

Embora surjam as limitações, as dificuldades devido ao tratamento, devido aos remédios.. John não desiste de seus sonhos.Ele não desiste da universidade.

Humilhado no passado, devido algumas crises em público, ele se afasta por um tempo da universidade e chega até a não querer sair de casa.
Nessa hora, foi fundamental o amor de sua esposa que sempre esteve ao seu lado e acima de tudo, ela sempre acreditou que John iria se recuperar.

Mesmo, com as dificuldades de raciocínio, John nunca parava, estudava matemática e tentava resolver problemas difíceis como se estivesse na universidade.
Estimulado pela sua amada, ele volta a universidade e começa a frequentar a biblioteca.

Embora o seu médico diz que o caso dele é sem solução e que muito provavelmente nunca iria voltar a lecionar, John não desiste.
John até brinca dizendo a sua esposa: que Estava acostumado com problemas difíceis e, que, ele como Matemático, sabia que TODOS os problemas tem solução e, além disso, existem várias maneiras de resolver o mesmo problema.
Com isso, aos poucos Jonh consegue se reintegra na sociedade, ele volta a dá aula na universidade। E, para finalizar Ele ganha o Prémio Nobel de Economia em 1994, pelo seu contributo na Teoria dos Jogos.
-----------------------------------------------------------------------------------------------
uma mente Brilhante - trailer:

3 comentários:

reflexões disse...

muito bom seu blog, vou recomendar p algumas amigas estudantes de psicologia. Sou psicóloga, e acho esse filme bastante relevante quando se fala de esquizofrênia.
Parabéns por levar a sério o tema.

Reginaldo disse...

Seria interessante esclarecer que o diagnóstico de esquizofrenia para John Nash é muito polêmico entre os psiquiatras. Alguns admitem ser um caso de transtorno afetivo bipolar com sintomas psicóticos.
Em relação ao filme: esqueçam! É muito deturpado, não trazendo detalhes de sua verdadeira história de vida de John Nash. O livro é muito melhor!!!

nonome_birra disse...

É isso aí Reginaldo. Existem imensas diferenças entre a história real e o filme. Exemplos: Ele era bissexual e teve diversos relacionamentos, inclusive um filho que não registrou apesar de dar à ele o nome de John.

http://worldevolution.wordpress.com/2009/08/08/o-que-e-verdade-em-%E2%80%9Cuma-mente-brilhante%E2%80%9D/